VISITANTE Nº

contador de visitas

terça-feira, 22 de junho de 2010

Situação no Nordeste é de caos e doações estão abaixo do esperado


 UTILIDADE PÚBLICA!!!

Cidade de Branquinha em Alagoas devastada pelas  cheias 

Alagoas (O Repórter*) - Já são 29 mortes registradas por causa das chuvas que castigam Alagoas. A assessoria do Corpo de Bombeiros da região informou que três corpos foram localizados em Branquinha, na manhã desta terça-feira (22). De acordo com as informações as vítimas morreram afogadas.


No total, 177 mil pessoas foram atingidase, pelo menos 15 municípios estão em situação de calamidade pública. O número de desaparecidos é estimado em 600 e, aos poucos, as pessoas que estavam isoladas, sem comunicação com parentes, já foram localizadas.


Alguns estados da federação já se mobilizam para tentar amenizar o sofrimento dos nordestinos. São Paulo e Rio Grande do Sul já enviaram para Alagoas alimentos, colchões, cobertores, medicamentos e produtos de higiene que devem ser distribuídos para as famílias prejudicadas.



Em Pernambuco a situação também é crítica e de acordo com a coordenadoria de Defesa Civil (Codecipe), 54 municípios registraram estragos causados pela chuva. Trinta estão em situação de emergência e nove decretaram calamidade pública. 



Doze pessoas morreram. Mais de 40 mil tiveram de deixar suas casas.
A Codecipe informa ainda que foram distribuídas mais de 243 mil toneladas de donativos nos municípios prejudicados. Por dia, cerca de 15 caminhões viajam até essas regiões para entregar material para as famílias prejudicadas.

As doações ainda estão abaixo do necessário
O Corpo de Bombeiros alerta que ainda é muito baixo o número de doações no quartel geral para as vítimas das enchentes em Alagoas. Em entrevista a Rádio Gazeta, o major Estevão fez um apelo à população reforçando a importância dos donativos.

“Muita gente se intimida por achar que tem pouco a doar, mas qualquer doação é importante e bem vinda. As pessoas perderam tudo e precisam de ajuda, por menor que seja” – apelou o oficial.

O oficial aproveitou ainda para pedir aos sindicatos e associações que promovam campanhas de ajuda aos necessitados e apelou para que as contribuições de donativos em alimentos sejam de pronto consumo, a exemplo de enlatados e embutidos e água potável. (*com agências)

EM PERNAMBUCO LOCAL PARA  DOAÇÕES: 

PRAÇA DO DERBY, EM FRENTE AO QUARTEL  DA PMPE
AV. JOÃO DE BARROS,  QUARTEL DO CORPO DE BOMBEIROS MILITAR 

Nenhum comentário:

Postar um comentário