VISITANTE Nº

contador de visitas

terça-feira, 23 de novembro de 2010

NOTA DE REPÚDIO A SECRETARIA DE DEFESA SOCIAL DE PERNAMBUCO


ASSOCIAÇÃO PERNAMBUCANA DOS CABOS E SOLDADOS (ACS – PE)
ASSOCIAÇÃO DOS MILITARES ESTADUAIS DE PERNAMBUCO (AME – PE)
ASSOCIAÇÃO DOS SUBTENENTES E SARGENTOS DE PERNAMBUCO (ASSPE)
UNIÃO DOS MILITARES DO BRASIL (UMB)
FORÇA ÚNICA
ASSOCIAÇÃO DOS OFICIAIS DA PMPE (AOSPM)


Recife, 23 de novembro de 2010

Ao povo de Pernambuco, em especial aos Policiais e Bombeiros Militares,

As entidades representativas de policiais e bombeiros militares vêm a público manifestar indignação e repúdio quanto à carta do secretário de Defesa Social, Wilson Damázio. A “Carta aos Militares”, publicada no site da Secretaria de Defesa Social é um desrespeito à família policial e bombeiro militar. Principalmente porque o texto é repleto de inverdades, buscando iludir a sociedade pernambucana quanto a supostos benefícios proporcionados pela SDS nos últimos quatro anos.
Se todas as ações citadas fossem verdadeiras; certamente a tropa não estaria tão insatisfeita. A começar do PRONASCI (Bolsa Formação), por exemplo. O mesmo é um projeto do Governo Federal (e não Estadual) e vem contemplando apenas a alguns cabos e soldados. Ou seja, é inverdade afirmar que toda a tropa foi beneficiada com a bolsa. Também quanto a Etapa de Alimentação, a qual deixa parte dos bombeiros “de fora”.
Outra falácia é quanto às promoções. Até hoje os cabos aguardam as promoções por antiguidade e o número de vagas oferecidos no Concurso para o Curso de Sargentos foi aquém do número de claros (vagas) existentes. O Corpo de Bombeiros também não realizou as promoções esperadas, frustrando centenas de homens e mulheres.
Em março deste ano, uma comissão composta pelos líderes das entidades foi formada para tratar de assuntos de interesse da tropa, especialmente quanto às negociações salariais. Em nenhum momento, o secretário Wilson Damázio manifestou interesse em recebê-la. E mais uma vez, ele mais uma vez demonstrou total falta de interesse em atender aos anseios da categoria, publicando a Portaria GAB / SDS Nº 2372, de 22/11/2010, instituindo um prazo gigante de 90 dias para as negociações. Isto é, fora do prazo limite previsto para a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2011, o que inviabilizaria o reajuste salarial para o próximo ano.  
As entidades representativas de policiais e bombeiros militares repudiaram o fato de o secretário de Defesa Social, Wilson Damázio, (desde que o mesmo assumiu a pasta), demonstrar total desinteresse quanto às necessidades da tropa, bem como descaso quanto à implantação de projetos que efetivamente beneficiem PMs e BMs. Infelizmente, até o momento, estamos recebendo o mesmo tratamento concedido pelo secretário anterior. A sociedade pernambucana precisa saber que não foi à toa o fato da pasta já estar no seu terceiro secretário. É quase um para cada ano de gestão do atual Governo do Estado. Chega de ilusões.

ASSOCIAÇÃO PERNAMBUCANA DOS CABOS E SOLDADOS (ACS – PE)
 ASSOCIAÇÃO DOS MILITARES ESTADUAIS DE PERNAMBUCO (AME – PE)
 ASSOCIAÇÃO DOS SUBTENENTES E SARGENTOS DE PERNAMBUCO (ASSPE)
 UNIÃO DOS MILITARES DO BRASIL (UMB)
 FORÇA ÚNICA
 ASSOCIAÇÃO DOS OFICIAIS DA PMPE (AOSPM)

 
Por: Paula Costa | Jornalista
 
Entidades representativas elaboraram documento em resposta a SDS

3 comentários:

  1. Eu queria que o secretário fala-se o verdadeiro salário dos policiais sem a gratificação, pois quando reformado é RETIRADAS e qual o diferencial de cabos e soldados. Pois a graduação de cabo nem devia existir pelo valor recebido. Investimentos teve em viaturas, investir em segurança é DEVER DO ESTADO. Falta investir em quem promove a segurança, que muitas vezes chega inseguro em casa.

    ResponderExcluir
  2. parabens a todos vçs ai!minas gerais esta precisando tambem desta união.abç.sd pmmg cassimiro

    ResponderExcluir
  3. É VERDADE COMPANHEIROS, VAMOS A LUTA POIS TEREMOS QUE NOS UNIR E FORMAR UM SÓ CORPO NA BUSCA DE MELHORES SALÁRIOS, CONCORDO COM A PARALIZAÇÃO NO DIA 1º DE JANEIRO.

    ResponderExcluir