VISITANTE Nº

contador de visitas

domingo, 20 de março de 2011

PERNAMBUCO,Eduardo Campos se diz satisfeito com aprovação de fim da reeleição


Por Daniel Guedes
ARARIPINA, SERTÃO - O governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), se disse satisfeito com a decisão da comissão especial da reforma política no Senado de aprovar, na quinta-feira (17), o fim da reeleição e um mandato de cinco anos para presidente da República, governadores e prefeitos.

"Isso é uma ideia antiga. Eu defendo essa ideia e o PSB sempre defendeu essa ideia. Acho que um mandato de cinco anos é, do ponto de vista produtivo, muito maior do que oito anos. É um processo que ajuda a renovação na política. É um processo que, ao meu ver, é o mais conveniente", avaliou Eduardo Campos nesta sexta-feira (18), em Araripina, no Sertão de Pernambuco.
Caso seja aprovada pelo Congresso, a nova regra passa a valer a partir da eleição de 2014. Assim, quem está no cargo hoje ainda poderá tentar uma reeleição.

A decisão não afeta Campos como governador, pois o socialista já está em seu segundo mandato a frente do Palácio do Campo das Princesas. Contudo, beneficia diretamente os planos nacionais do pernambucano. Caso venha a ser o vice da presidente Dilma Rousseff (PT) numa possível reeleição em 2014, a dupla teria cinco anos pela frente ocupando o Palácio do Planalto.

Ao ser lembrado que se a regra for aprovada e Dilma venha a se reeleger a petista ficaria nove anos no poder, Eduardo brincou. "Então vai ser bom para o Brasil".
FONTE:BLOG DO JAMILDO

Nenhum comentário:

Postar um comentário