VISITANTE Nº

contador de visitas

terça-feira, 26 de abril de 2011

PERNAMBUCO, NEGOCIAÇÃO SÁLARIAL PMPE, ESCLARECIMENTO SOBRE AS NEGOCIAÇÕES DO SUBSÍDIO


Desde março de 2010, foi iniciado o processo de negociação salarial. Na praça do Memorial de Medicina estiveram vários Oficiais da Policia Militar de Pernambuco e Bombeiro Militar de Pernambuco, inclusive o Ex Comandante Geral da PMPE e o atual Chefe do Estado maior do Corpo de Bombeiros, todos imbuídos da causa salarial.
Passado um ano não houve avanço significativo, apenas promessas que seguem abaixo:
1 - Repercussão financeira dentro dos limites da capacidade do fluxo de caixa do tesouro estadual;
2 - Esforço para diminuição, ou mesmo extinção, de eventual desnível remuneratório quando da passagem do militar à reserva remunerada ou reforma;
3 - Fixação da jornada laborativa em oito horas diárias, ou quarenta horas semanais, e manutenção da jornada especial, em regime de plantão, na proporção limite de 1/3 (uma hora de trabalho para três de descanso);
4 - Possibilidade de incorporação de parcelas remuneratórias preexistentes.
Nenhuma proposta concreta foi apresentada, apesar de varias vezes as associações terem cedido e atendido ao pedido de mais prazo, findando com o dia 28 de Abril.
A Diretória da Associação dos Oficiais da Policia Militar de Pernambuco, entende que é um dever do Estado de Pernambuco (na pessoa dos gestores) atender aos pleitos formulados na proposta entregue no Mês de Novembro de 2010.
Não é admissível o Policial Militar ter trabalhado por 28 (vinte oito) meses na redução de CVLI, e hoje não ter tratamento isonômico com a Polícia Civil, quanto a salario.
ALERTA AOS OFICIAIS
Há diversos comentários nas Unidades Policias Militares, que a propostas para o dia 28 de abril apenas contemplará parte da tropa, com oferecimento de gratificações e vantagens em maior valor para uns e outros não, com sérios prejuízos ao Oficialato e Graduados.
Esta associação convoca os Oficiais e praças a se posicionarem frontalmente contra qualquer reajuste salarial que não contemple a todos, visando fragmentar a negociação salarial, dividindo o efetivo. Buscamos os percentuais já apresentados de forma igualitária, garantindo a manutenção na Reserva de pelo menos o mesmo salário da Ativa.
A CAMPANHA SALARIAL, É HOJE UMA QUESTÃO DE JUSTIÇA E DE RESPEITO AOS VALOROSOS GUARDIÕES DA SOCIEDADE......NÓS DEVEMOS SER TRATADOS COM DIGNIDADE....... FORÇA E HONRA ..... AOPMPE.
Continue lendo...


ESTAMOS JUNTOS PELO SUBSIDIO E PROPOSTA SALARIAL



Vamos comparecer para decidirmos o nosso destino, não deixe de participar. Buscamos respeito, tratamento digno e reconhecimento pelo trabalho realizado. NÃO TENHA POSTURA DE PATETA, o oficial não deve ser omisso, vamos resgatar nossa dignidade dentro do Sistema de Defesa Social.

Nenhum comentário:

Postar um comentário