VISITANTE Nº

contador de visitas

terça-feira, 10 de maio de 2011

                       ASSOCIAÇÕES UNIDAS DOS MILITARES ESTADUAIS/PE

                       ACS – AME – ASSPE – UMB – FORÇA ÚNICA – AOPMPE

               fones: 34230604/30331970/32210374/97181299/88637494/85325933
                                                                         
                                                                                           Recife, PE, 09 de maio de 2011.

Ao Exmo. Sr. Presidente da ALEPE

DD. Deputado Guilherme Uchoa

(anexo: DESABAFO DE UM MILITAR DA ATIVA, postado na Internet em 08.maio.2011)

                                                                
                                                                 Senhor Presidente


                                                                Considerando compromissos assumidos por V.Exa. para com o povo, Estado e classe militar estadual de Pernambuco, durante a campanha eleitoral referente ao pleito ocorrido em outubro de 2010.

                                                                Considerando que os militares estaduais não aceitam mais receber salários inferiores aos dos policiais civis, enquanto constituem a primeira, mais arriscada e comprovadamente mais eficiente e eficaz linha de combate à criminalidade, presente em todos os recantos e acontecimentos no Estado e verdadeira panacéia nas piores agonias e maiores projetos de Pernambuco, a exemplo, respectivamente, as recentes calamidades públicas e o “Pacto pela Vida”, dentre tantas outras páginas longínquas e atuais da nossa história.

                                                                  Considerando que os militares estaduais, em verdadeira contra partida pelo heróico, sacrificante e diuturno serviço, somente tem recebido os verbos eloqüentes, efusivos e difundidos do reconhecimento, proferidos por surdos governantes que se comportam com indiferença e mesquinhez diante dos gritos de reclamos da tropa às suas promessas de campanhas políticas.

                                                                  Considerando que a tropa clama apenas por igualdade e justiça no trato remuneratório dos seus vencimentos, em relação a outra polícia que integra a mesma secretaria de estado e que realiza trabalhos similares conjuntos com mesmos objetivos, em blitzen, escoltas, prisões, etc. e já dividem até em muitos locais as mesmas instalações físicas, operacionais e administrativas, como exemplo se vê no 6º BPM (Batalhão de Polícia Militar), Prazeres - Jaboatão do Guararapes.
                                                              
                                                                  Considerando que está mais do que na hora de Pernambuco e o Brasil valorizarem verdadeiramente seus guerreiros militares estaduais.
                                                                  Vimos solicitar-lhe a não votação de imediato, nos moldes em que se encontra, do Projeto de Lei oriundo do poder Executivo que versa sobre reajuste salarial dos militares estaduais.
                                                                   Pedimos que antes de tal votação, seja convocada por V. Exa. Audiência Pública nessa Casa Legislativa, para uma ampla discussão social sobre a situação reinante na tropa.

                                                                   Urge que a sociedade avalie os efeitos psicológicos, psicossociais e as perspectivas sobre os cenários atuais e futuros, que se vislumbram nefastos para a segurança pública em Pernambuco.
                                                                  
                                                                   Ademais, quando o “Pacto pela Vida” começa a dar sinais de falência e se aproxima evento de magna importância para todos nós – a Copa do Mundo – que terá Pernambuco como um dos seus palcos, precisamos estar atentos e unir todos os esforços, em clima de satisfação, para receber muito bem os visitantes e proporcionar a eles e aos pernambucanos a melhor segurança, a melhor impressão e as melhores lembranças possíveis.
Fraternalmente,




__________________________________________________
Associações Unidas dos Militares Estaduais

ANEXO

Subject: FW: DESABAFO DE UM MILITAR DA ATIVA 

Date: Sun, 8 May 2011 13:36:17 +0000


Nada dura pra sempre!
Casamento dia 1º de janeiro de 2007.
Que felicidade.
Juras de amor entre o casal.
Mamãe radiante com o noivo. Até então dos seus sonhos.
Olhos azuis, sorriso estampado no rosto, atencioso com as querências da noiva que até então já havia se casado inúmeras vezes e não tinha sido correspondida à altura.
Mamãe, a noiva. Ela se chamava POLÍCIA MILITAR.
Ele, o noivo. Era chamado carinhosamente por mamãe de DUDU.
Quanta intimidade entre o casal.
Observem como ela o chamava: DUDU.
Ele, em plena sintonia com a amada.
Parava na rua ou em qualquer lugar para ouvir atentamente as queixas dos familiares de mamãe.
Ela tinha inúmeros parentes. Como em todas as regiões do nosso imenso país temos o conhecimento de nomes fáceis de serem encontrados como por exemplo:
José, Antonio, Pedro, Marcelo, Severino, Silva e etc.
Na família de mamãe que era muito numerosa nossos ancestrais tiveram a idéia de nomear a todos como SOLDADO.
- Que nome diferente mamãe.
Indaguei.
Lá na frente explico o desfecho desse nome que mamãe me explicou que seus ancestrais haviam dado.
Eu era fruto de mais um dos casamentos mal sucedidos de mamãe.
Eu tinha muitos irmãos mais velhos que eu.
Muitos deles eram chamados de CORONEL.
Não sei o porque realmente.
Mas eram assim chamados.
Eu era o menor da casa que tentava entender como as coisas funcionavam dentro daquele casamento.
Sentávamos à mesa para ceiar e via que mamãe admirava muito papai.
Naquela mesa eu nunca era convidado a sentar.
Mesmo fazendo parte da família.
Eu tinha uns 16 irmãos mais velhos.
Por serem mais de um, eram extremamente unidos.
Só faziam reivindicações para eles e eu ficava sem entender.
Tínhamos naquele tempo uma remuneração que papai nos dava pelo nosso trabalho até então desempenhado dentro das atividades de sua empresa chamada GOVERNO DE PERNAMBUCO.
Via que papai nunca me escutava.
Só aos meus irmãos.
Nisso, meus proventos como funcionário iam desandando de forma abrupta.
Infelizmente.
Tinha em mente que precisava daquela mesada.
Pois eu trabalhava muito mais que meus irmãos mais velhos.
Gastava mais sapato, mais vestes, mais remédios, mais tudo.
Ainda tinha irmão mais velhos com o mesmo nome que o meu, SOLDADO, que tinha filhos para cuidar e outras necessidades como escola, e outras despesas adicionais das mais diversas.
Papai só atendia as necessidades dos meus irmãos CORONÉIS.
Mamãe que era uma senhora de visão estava pressentindo o grande mal.
O seu casamento estava completamente abalado e poderia ter um fim por não ter aos seus filhos SOLDADOS a mesma atenção.
Mamãe, que não agia de forma intempestiva procurou salvar seu casamento.
E recrutou a equipe “SENHORES DO SOFÁ”.
Que era como papai chamava aqueles profissionais de outras empresas que quando ele estava em apuros ele consultava. Mas que esses profissionais não tinham qualquer compromisso com a empresa de papai.
Quando não atendesse mais as suas necessidades, tchau!
Para explicar mais claramente a equipe SENHORES DO SOFÁ para economizar as letras e ser mais direto abreviarei para não tornar a leitura cansativa.
A SDS, a sigla é essa gente. Teria que tentar modificar a maneira como a empresa de papai estava sendo administrada.
SENHORES por que temos uma idéia inicial respeitosa.
E SOFÁ, porque é nele que há a acomodação.
Que extremos.
SENHORES X SOFÁ.
Na empresa de papai a GOVERNO DE PERNAMBUCO quem se matava eram só os SOLDADOS.
Certo dia papai foi pego de surpresa. Com uma reivindicação de aumento de mesada.
Não teria como receber o aumento, conforme meus irmãos mais velhos.
Mas, queria apenas receber o mesmo que os meus PRIMOS.
Todos eram chamados de PC.
Que gozado. PC.
Na empresa queriam ser autoridade. Todos eles. Abreviaram seus nomes de forma diferente.
Como seria de forma diferente?
Ao invés de reduzir as letras, colocaram mais.
Diminuir PC seria o fim.
E aquele era apenas o começo de um todo.
Eis como se auto denominaram: POLÍCIA CIVIL.
Ou PC.
Ou PAULO CÉSAR.
Esse negócio tá ficando engraçado.
Todos nós SOLDADOS tentávamos falar com papai.
Papai DUDU deu com os ombros e mandou os GESTORES da SEPLAG avaliarem a nossa reivindicação.
Quem são esses GESTORES?
Nada mais que filhinhos de papai que tiveram as suas farras e arruaças contidas pela família de mamãe em todos esses matrimônios até então.
Os SOLDADOS da família de mamãe eram muito valentes e sempre agiam com correção para atender às demandas da sociedade quanto aos excessos desses filhos da classe média alta.
Agora, a incumbência de dar algum tipo de aumento aos funcionários da empresa GOVERNO DE PERNAMBUCO era dos GESTORES.
FACA DE DOIS GUMES.
Noites de reuniões.
Madrugadas a fio.
Planilhas, gráficos, esboços, históricos de arrecadação anual.
Inúmeros números. Redundância nas palavras aqui ao lado.
Cada gestor com um PLAYSTATION ou acessando a internet em seus orkuts, facebook, youporns da vida, youtube e etc.
Mas, estudando os dados.
ISONOMIA SALARIAL COM OS PCS DA VIDA.
Tentando solucionar a reivindicação justa pelo que sei, dos meus irmãos SOLDADOS, quanto a receber o que nossos primos recebem. Os primos são PC, PAULO CÉSAR, OU POLÍCIA CIVIL. Não esqueçam.
Eis que nos foi informado que a nossa família seria atendida com um reajuste.
Quanta alegria na família de mamãe.
Agora o casamento iniciado em 2007 seria realmente salvo.
Papai estaria sendo mais humano e justo com seus filhos.
Abro neste momento a proposta 2011.
.....
Silêncio...
Estou tentando entender...
O reajuste foi dado e cavalo dado não se olha os dentes.
Por falar em cavalo.
Este é o próprio.
O aumento RABO DE CAVALO.
Gratificação de risco do SOLDADO sai de 550 reais para 400 reais.
Ou seja aumenta para baixo.
RABO DE CAVALO.
VERGONHA PAPAI DUDU.
Esperava mais da administração da sua empresa.
E a consultoria da SDS PAPAI???
É. PAPAI me ENGANOU.
Pensei que PAPAI faria pelo menos o mesmo que fez com os funcionários dos cargos comissionados da empresa.
Afinal de contas ele deu 51% DE AUMENTO A TODOS ELES.
Eu acho que papai não sabe desse aumento dado aos seus filhos.
Estou refletindo até hoje.
No ápice da decepção eu com o orgulho de ser policial atingido. pergunto como Caetano Veloso na música FORA DE ORDEM...
Alguma coisa está fora da ordem???
Aquele mesmo pai que fez juras de amor no início da relação amorosa em 2007.
Quanta saudade de papai.
Mais eu tenho esperança!!!
Afinal de contas papai, sou brasileiro!!!
Em 2012 o senhor como dono da empresa GOVERNO DE PERNAMBUCO vai dar a todos nós SOLDADOS um aumento decente.
É o que mamãe??!!
já foi divulgado o aumento de 2012?
AH! Quero ver!!! Confio em PAPAI DUDU.
Falei pra senhora que ele não esqueceu de nós SOLDADOS mamãe.
Abro neste momento a proposta 2012.
Silêncio...
Mais silêncio...
Mais PAPAI DUDU...
Porque???
O que lhe fizemos???
Porque o senhor só atende aos nossos irmãos mais velhos???
Os coronéis???
Cadê meu irmão CORONEL MÁRIO que não vê isso???
Ah!!! A casa militar está o deixando muito atarefado.
Ah!!! Vou recorrer a outro irmão mais velho CORONEL FONSECA.
O Que??? Saiu de cena e Já saiu da seca???
Recebeu um cargo que receberá 11 mil reais fora o salário???
Que pena!!! Estava tão animadinho nas assembléias da classe no memorial no DERBY.
Agora que entendi o que mamãe me dizia...
CADA HOMEM TEM SEU PREÇO, FILHO!!!
PERGUNTO:
PORQUE SÓ SOLDADO NÃO TERÁ REAJUSTE DE RISCO DE VIDA EM 2012???
REPITIREI A PERGUNTA...
PORQUE SÓ SOLDADO NÃO TERÁ REAJUSTE DE RISCO DE VIDA EM 2012???
Todos tiveram conforme tabela divulgada.
Menos o SOLDADO.
Papai.
Se eu não tiver bem alimentado eu fico com CORPO MOLE.
E não seria justo trabalhar dessa forma.
Imagine papai. SOLDADO TRABALHAR DE CORPO MOLE.
PAPAI......, quem mais trabalha na sua firma é o SOLDADO papai.
O senhor ainda não enxergou isso???
Queria ser remunerado ao menos como PAULO CÉSAR ou PC ou POLÍCIA CIVIL que não quer nada com a vida.
Sempre fui disposto. Por isso fui batizado com este nome.
O senhor já procurou saber quantas vezes a população é maltratada pelo nosso primo em seu ambiente de trabalho?
É PAPAI... Mesmo assim o senhor só tem olhos pra ele.
E o consultor da SDS???
A equipe SENHORES DO SOFÁ???
Seu secretário já prestou serviços lá.
Só olha pra essa empresa.
Esqueceu os soldados da família de mamãe.
A senhora POLÍCIA MILITAR DE PERNAMBUCO neste momento está se divorciando do senhor, PAPAI DUDU.
Que até o momento, só teve olhos para os CORONÉIS E OS NOSSOS PRIMOS POLICIAIS CIVIS.
Nós soldados que fazemos o papel de servir à nossa sociedade estamos DECEPCIONADOS.
REPITO.
Na sua tabela criada pelos GESTORES, só os SOLDADOS não terão aumento de risco de vida em 2012.
Papi Dudu.
Tenho que ser mais contundente.
Acredito estar atingindo maturidade suficiente para saber a importância do meu papel na estrutura do PACTO PELA VIDA.
Os louros estão sendo atribuídos aos CORONÉIS, DELEGADOS, E A TODA ESTRUTURA DO PACTO PELA VIDA ÀS NOSSAS CUSTAS.
Cade RATTON???
Sociólogo RATTON.
O que você me diz dessa remuneração??
Desse reajuste para os SOLDADOS???
RATTON tomou o mesmo destino dos ratos como o seu nome sugere.
O esconderijo.
Os porões.
Não os da ditadura.
Não a temos mais. E temos. A ditadura branca. Não podemos falar. Não podemos nos expressar.
Seremos tachados de revoltados. Jamais fiz corpo mole no desempenho das minhas funções.
Digo, jamais.
Mas meu corpo; realmente está amolecendo.

Os índices de violência estão crescendo por culpa de vocês.

Nessa história sei que sou apenas a bucha do canhão.

Tenho família.
Vivo por ela e para ela.

Corro risco eminente de não mais voltar para casa.
MORTE. MORTE. MORTE.
Repito por 3 vezes. Sendo que teremos o acesso a apenas uma dessas palavras.

Despeço-me desse triste desabafo sobre essa instituição secular e até hoje injusta com seus SOLDADOS com o verdadeiro significado da palavra SOLDADO para os senhores GESTORES, GOVERNANTES, CORONÉIS E MEMBROS DO ALTO ESCALÃO DO GOVERNO.

SOLDADO: Para vocês é o mesmo que partido ao meio, quebrado, violado.

É dessa forma que estamos sendo tratados pelas mentes arcaicas de cada um dos senhores.
Esse foi o verdadeiro significado que a mamãe POLÍCIA MILITAR DE PERNAMBUCO me explicou lá no meio desse simples relato.

“ Os poderosos podem matar uma, duas, até três rosas, mas nunca deterão a primavera.
( Ernesto Che Guevara – Líder revolucionário cubano)

Não me identificarei temendo as represálias dos covardes. 
         

  http://www.blogdogezi.blogspot.com

fonte:
                       ASSOCIAÇÕES UNIDAS DOS MILITARES ESTADUAIS/PE

                       ACS – AME – ASSPE – UMB – FORÇA ÚNICA – AOPMPE

Nenhum comentário:

Postar um comentário