VISITANTE Nº

contador de visitas

sexta-feira, 20 de maio de 2011

Saiu na Folha de Pernambuco: PMs e bombeiros fazem novo protest


Representantes dos policiais militares e bombeiros de Pernambuco fecharam a avenida Agamenon Magalhães no final da tarde de ontem, por cerca de 50 minutos, provocando um grande engarrafamento nos dois lados da via. Os militares realizaram o protesto logo após a assembleia geral que ocorreu no Memorial de Medicina, Derby, por não aceitarem a proposta de reajuste do Governo. Pela proposta, um soldado deixaria de receber R$ 1.881,30 e passaria a receber R$ 2,1 mil, já no próximo mês de junho. Mas eles reivindicam a equiparação salarial com os policiais civis, cujo salário inicial é de R$ 2,4 mil. 

Os militares contrários ao reajuste oferecido pelo Governo continuam realizando a Operação Padrão, o que, segundo eles, está sendo responsável pela saída de apenas 35% das viaturas dos Batalhões da Região Metropolitana do Recife. “As outras 65% estão com documentos atrasados ou problemas de manutenção que ferem o Código de Trânsito. Por isso, não estamos indo com elas às ruas”, destacou o presidente da Associação de Cabos e Soldados, Renilson Bezerra. “Com as viaturas nos batalhões, os índices de criminalidade aumentará”, complementou.

O capitão Wlademir Assis, da Associação dos Militares de Pernambuco (AMP), apresentou uma lista de 40 veículos do Batalhão de Vitória de Santo Antão, com documentação irregular. As seis associações que representam os militares deverão repassar uma lista das viaturas que estariam irregulares nos 23 batalhões para a OAB-PE. “Va­mos verificar se isso realmente tem procedência e solicitar uma apuração do Ministério Público”, comentou o advogado da OAB, Emerson Leônidas.       

O secretário de Defesa Social, Wilson Damázio, afirmou que a redução de viaturas, desde o início da operação padrão, é de cerca de 15%. Segundo ele, os veículos com problemas de manutenção são trocados num prazo máximo de 24 horas. Quanto à documentação, ele disse que a situação de todos os carros será verificada, destacando que algumas das viaturas que estavam na lista repassada pela AMP estão na garagem da SDS e cedidas a municípios.

“Ao contrário do que estão dizendo, tivemos uma redução de 12,30% no número de homicídios levando em consideração os 18 primeiros dias de maio de 2011, em comparação a 2010”, destacou

2 comentários:

  1. Rapaz nao adianta as associaçoes fazer o maior barulho se nossos amigos sao cagaços, para começar pela casa dos baboes, (casa militar).

    ResponderExcluir
  2. Quem esperava do batalhao de choque que começava por eles, os da radio patrulha que se diz ser os maiores machoes da policia, nem aparecem em nenhuma assembleia, como vamos chegar perto da civil se nao somos homens para encarar esses covardes estreludos, e so temos coragem de encarar e bater em pobre fudido, paciencia seremos sempre cagaços por causa de vcs praças cagaços.

    ResponderExcluir