VISITANTE Nº

contador de visitas

segunda-feira, 1 de agosto de 2011

PERNAMBUCO, Major da PM detido após briga na saída de boate

Boa Viagem

Oficial é suspeito de se envolver em confusão e ameaçar com pistola ponto 40 tenente da Aeronáutica na saída da Dona Carolina, Zona Sul. Caso foi parar na delegacia

Carlos Eduardo Santos

Um delegado da Corregedoria-Geral da SDS esteve neste domingo (31) na Delegacia de Boa Viagem / Foto: Clemeilson Campos/JC Imagem

Um delegado da Corregedoria-Geral da SDS esteve neste domingo (31) na Delegacia de Boa Viagem

Foto: Clemeilson Campos/JC Imagem

Pouco mais de um ano depois de realizar um disparo de arma de fogo dentro da boate Downtown, no Bairro do Recife, o major da Polícia Militar Enéas Cantarelli Júnior, 47 anos, voltou a se envolver em confusão e terminou detido pela corporação. Dessa vez, o oficial brigou na saída da boate Dona Carolina, em Boa Viagem, na Zona Sul da capital, com um tenente da Aeronáutica. O fato ocorreu na madrugada deste domingo (31), por volta das 4h.

Em meio a agressões das duas partes, o major sacou uma pistola ponto 40 e ameaçou o tenente. Um amigo do oficial da Aeronáutica conseguiu imobilizar Cantarelli e pegar a arma, que caiu no chão. Não houve disparo. Um flanelinha acionou a Polícia Militar, que conduziu os envolvidos à Delegacia de Boa Viagem.

Durante a manhã de domingo, a movimentação foi grande na unidade policial. Passaram por lá representantes do 2º Comando Aéreo Regional da Aeronáutica (Comar) e da Diretoria-Geral de Operações da Polícia Militar, além da Corregedoria-Geral da Secretaria de Defesa Social (SDS).


Como o major Cantarelli é reincidente, o comandante-geral da PM, coronel Antônio Tavares Lira, ordenou que o oficial ficasse recolhido por 72 horas no Regimento de Polícia Montada, em San Martin, na Zona Oeste do Recife.
FONTE: Jornal do Commercio

Nenhum comentário:

Postar um comentário