VISITANTE Nº

contador de visitas

segunda-feira, 19 de abril de 2010

Boa notícia. Mudanças na SDS e PMPE não alteram Pacto pela Vida

A secretaria de Defesa Social (SDS) e a Polícia Militar de Pernambuco estão com novos comandantes. Nesta segunda-feira (19/04), o governador Eduardo Campos empossou o delegado federal Wilson Damázio e o coronel Tavares Lira para gerir a SDS e a PMPE, respectivamente.
A cerimônia de posse dos novos gestores aconteceu no Palácio do Campo das Princesas e reuniu toda a cúpula da segurança pública de Pernambuco. O evento foi rápido. Apenas Damázio e Eduardo discursaram.                                                                                O governador explicou que as substituições não alteram as metas do Pacto pela Vida e que o programa segue no “automático”.

“É uma nova etapa. Mudam biografias e pessoas, mas a política continua a mesma: é o Pacto pela Vida, é investir em polícias, em um efetivo maior, mais carros, mais armamentos, mais prevenção”, detalhou.


Nascido em Olinda, Wilson Salles Damázio tem 54 anos e iniciou a carreira policial aos 22 anos, como agente da Polícia Civil de Pernambuco. Em 1980, entrou para a Polícia Federal, tornando-se delegado em 1985. Experiente, Damázio foi superintendente da PF em Pernambuco e possui em seu currículo diversos cursos internacionais, com ênfase no combate ao tráfico de drogas. Atualmente, estava desempenhando a função de diretor-geral substituto do Departamento Penitenciário Federal do Ministério da Justiça.


“Espero poder consolidar e dar continuidade ao excelente trabalho que vinha sendo coordenado por Servilho Paiva”, disse Damázio, antes de assegurar muito trabalho na nova função: “Não medirei esforços de perseguir diuturnamente a segmentação e a aplicação das políticas públicas neste Estado, em especial àquelas preconizadas nesta importante ação governamental, que é o Pacto pela Vida”.

Já o coronel Antonio Carlos Tavares Lira, há 34 anos na Polícia Militar, foi Diretor Geral de Operaçoes da PMPE de 2007 a 2008 e Chefe do Estado Maior de 2008 até agora. “Temos um desafio grande pela frente e estamos confiantes de que todos juntos, de mãos dadas, vamos vencer”, disse o novo comandante, que será substituído no cargo de chefe do Estado Maior pelo também coronel Carlos Feitosa. Pernambucano de 58 anos Tavares Lira é formado em Administração de Empresas (Unicap) e especializado em gestão pública pela Fundação Joaquim Nabuco.
Ainda durante a solenidade foi assinado o ato de nomeação do ex-comandante da PM, coronel José Lopes, como assessor especial do governador.

“Lopes continua com o trabalho, o talento e a capacidade de dialogar com o povo, atuando na articulação comunitária nos territórios do Governo Presente, trabalho que é tão importante para a sociedade”, explicou o governador.  

Fonte: Blog do Jamildo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário