VISITANTE Nº

contador de visitas

terça-feira, 11 de maio de 2010

Direitos Humanos para Policiais Militares


Eu nao entendo porque que os policiais militares no Brasil ainda vivem no tempo da ditadura. Pergunto para vocês: O Policial Militar é um cidadão como qualquer um outro? Pode reivindicar? Pode ter sua liberdade de expressão garantida? Porque PMs trabalham mais de 44 horas semanais? Porque não recebe hora-extra nem adicional noturno? Porque corro o risco de ser PRESO se eu faltar a um serviço? Porque busco me qualificar e sou tão mal pago? Qual o valor que eu represento para a sociedade? E para o Estado?O Estatudo da PM do Piaui proibe até as manifestações de caracter reivindicatorias.No Estado de Roraima, PMs se manestaram e foram presos. O maior bem que o individuo tem, a liberdade, é tirada por se manifestar por melhoria onde no final quem vai ganhar é a sociedade. É Justo?Como que um policial vai respeitar um “cidadão” se o Estado o trata feito um bicho? (apenas parte do e-maial enviado).
RESPOSTA.
Prezado Senhor,
Escrevo para informar que, por ordem do Sr. Ministro da Secretaria Especial dos Direitos Humanos estamos desenvolvendo um projeto justamente sobre os direitos humanos dos policiais.
Este projeto culminará com o lançamento, em 2010 de um Programa de Direitos Humanos dos Policiais.
Tenho certeza que suas ponderações auxiliarão nosso processo de discussão. Estamos à disposição.

Att,
Isabel Figueiredo (
isabel.figueiredo@sedh.gov.br)
Sugiro a você policial militar, bombeiro militar, familiares e amigos, e porque não dizer de toda sociedade que é para quem trabalhamos, para mandar e-mails para a Secretaria Nacional de Direitos Humanos (ligada direta com a Presidência da Republica) - direitoshumanos@sedh.gov.brTODOS os DIREITOS E GARANTIAS FUNDAMENTAIS contidos na Constituição Federal sejam estendidos aos militares, denunciando as injustiças, pedindo mudanças no modelo atual de polícia militar… pedindo que Não existe cidadão pela metade.
Vamos fazer parar essas covardias!
Vamos exigir sermos tratados como CIDADÃOS! Vamos abolir prisão disciplinar, vamos refazer os estatutos e regulamentos com base na Constituição Federal. Agora, para isso você tem que fazer sua parte, aliás, você tem que ser parte da mudança também a começar pelo “esperar pelos outros”. MANDE SEU E-MAIL.

direitoshumanos@sedh.gov.br 

isabel.figueiredo@sedh.gov.br

Fonte:  Blog da Renata

Nenhum comentário:

Postar um comentário