VISITANTE Nº

contador de visitas

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

ATENÇÃO MANOBRAS DO GOVERNO PARA ESVAZIAR A ASSEMBLÉIA GERAL, COLOQUE O NOMES DESTE OFICIAIS ? POIS, TODOS ELES JÁ CONFIRMARAM PRESENÇA.

VEJA A MATERIA:     OBSERVE,     AS PALAVRAS VEM  DE UM  PESSOA  QUE ESTÁ COM MUITA IRA.


Um movimento equivocado, que coloca a Policia Militar em confronto com as
aspirações da sociedade, coloca em risco a segurança de todos. É assim que um grupo de oficiais classifica a assembleia convocada para ho­je por associações de oficiais para exigir aumento salarial imediato. Em uma carta encaminhada ao Comandante Geral da PM, coronel Tavares Lyra, mais de 60 oficiais se posicionam contra o movimento e em favor da política do governo.



“Equivocado por já começar falando em greve, recurso extremo e, de fato, indesejável, por comprometer pilares fundamentais da organização policial militar (...). Equivocado por ignorar, inclusive, alguns dispositivos legais, como o que estabelece o mês de junho como a data-base para reajuste salarial dos servidores públicos pernambucanos. Equivocado por colocar a instituição Policia Militar em confronto com as aspirações da sociedade que, de fato, requisita a proteção de uma polícia bem preparada e bem remunerada, mas condena todo tipo de movimento que, a pretexto de garantir melhorias para uns, coloca em risco a segurança de nossas próprias famílias”, ressalta trecho da carta.


O texto encerra apontando ainda que os oficiais falam em nome dos “milhares de colegas da corporação”. “(Esses colegas) consideram precipitado, temerário e injustificado um movimento que se baseia mais na lógica da política partidária do que nos interesses maiores da corporação policial militar e do povo pernambucano”.




FONTE   FOLHA  DE PERNAMBUCO
DATA/24/02/11

Nenhum comentário:

Postar um comentário