VISITANTE Nº

contador de visitas

segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

PARAÍBA, A paralisação vai atingir os policiais em todo o Estado.

Policiais decidem pela Greve na Paraíba. Governador vai chamar tropas federais

Fonte: Da Redação

Já está definido. Policiais militares e civis, além de agentes penitenciários e bombeiros entram em greve a partir da zero hora de hoje, cuja decisão foi tomada hoje à tarde (28), durante uma assembléia que aconteceu na Praça João Pessoa, na Capital do Estado.


Também nesta segunda-feira, ainda houve uma reunião (foto ao lado) do comando dos policiais com representantes do Governo do Estado, mas terminado o encontro, já dava para sentir que a paralisação estava mesmo em vias de acontecer.


Na reunião, o Governo do Estado sinalizou que seria apresentada uma proposta salarial em 15 dias aos o período do carnaval. O presidente da Associação dos Subtenentes e Sargentos da Polícia Militar da Paraíba (Asspom), Marcílio Brás, acredita que 10 mil profissionais cruzem os braços para aderir ao movimento.


Os policiais militares param a partir da meia noite de hoje, já os civis e agentes penitenciários, vão esperar 72 horas, como mandaria a regulamentação de greve.


O Governo do Estado considera a decisão pela greve como um desrespeito ao bom diálogo e à sociedade, por considerar que houve uma diminuição no prazo para apresentação de proposta salarial, que era de 30 dias, agora para 15 dias.


Nesta manhã, o Governador Ricardo Coutinho já tinha anunciado que, caso a greve fosse decretada, iria estudar a convocação de tropas federais pelo menos parea garantir a tranquilidade dos festejos carnavalescos. A assessoria jurídica do Estado deve pedir a ilegalidade do movimento na Justiça.


Os policiais querem que o Governo melhores seus salários através da conhecida PEC-300, mas o Estado garante que as finanças estaduais como estão não permitem colocar o projeto em prática agora.

Após a assembleia de hoje, que contou com mais de dois mil policiais segundo os organizadores, os que estavam em praça pública saíram em passeata pelas principais ruas de João Pessoa.

FONTE: PB1

Nenhum comentário:

Postar um comentário