VISITANTE Nº

contador de visitas

quinta-feira, 30 de junho de 2011

Dois milhões terão RG com chip em julho


GENEBRA (AE) - O RG biométrico, com chip, já começa a ser implementado no Brasil. Em um mês, dois milhões de brasileiros em Brasília, Rio de Janeiro e Salvador serão os primeiros a ter o no­vo cartão de identidade (denominado agora de RIC).


A convocação dos selecionados para trocar a antiga cédula de identidade começou em janeiro e a escolha foi aleatória, segundo o Ministério da Justiça. No primeiro semestre, parte dos eleitores brasileiros também já foi cadastrada para permitir uma mudança para o cartão biométrico no título de eleitor.

A mudança no documento - que deverá atingir, até 2019, 150 milhões de brasileiros - só foi possível graças a um acordo entre o governo e a empresa de tecnologia Covadis, com sede em Genebra. Para seu CEO, Marcelo Correa, o projeto é um dos maiores do mundo, o que vem despertando também o interesse de empresas que fabricam os cartões.


Segundo Correa, as alterações no sistema de identificação brasileiro “serão um teste importante” para a nova tecnologia. Para ele, a grande vantagem do novo formato é a proteção dos dados dos cidadãos, além da redução do risco de fraudes, com o roubo de documentos.


O cartão trará um chip com dados da pessoa, informações biométricas e sua impressão digital. Em cada posto de atendimento público, futuramente, não bastará a apresentação do novo RG. A Casa da Moeda do Brasil ficará responsável pelo armazenamento das informações.

Nenhum comentário:

Postar um comentário