VISITANTE Nº

contador de visitas

terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Pernambuco será outro daqui a cinco anos

Coluna Fogo Cruzado – Folha de Pernambuco –



Se não houver acidente de percurso, teremos um novo Pernambuco daqui a cinco anos. É o prazo para que entrem em funcionamento a Refinaria Abreu e Lima, a Hemobrás, a Ferrovia Transnordestina, a fábrica da Fiat, as Faculdades de Medicina de Caruaru e de Serra Talhada, a transposição do rio São Francisco e as Escolas Técnicas que estão sendo construídas pelos governos estadual e federal. Isso sem falar nas obras da Copa, que deverão estar concluídas um pouquinho antes: 2013.


Quando tudo isto estiver funcionando, gerando emprego e renda para o povo e uma soma de tributos para os cofres públicos jamais vista em nosso Estado, Pernambuco estará com outra cara: a cara do desenvolvimento. Mas desenvolvimento traz também problemas sociais e esses deverão ser o próximo alvo da preocupação dos nossos governantes. Note-se, por exemplo, que o “Pacto pela Vida” começa a dar sinais de esgotamento e está a exigir uma reformulação para atingir seus objetivos.


É que o desenvolvimento de Pernambuco e de outros estados do Nordeste tem atraído para esta região uma parte dos bandidos que agiam no Sul e no Sudeste, pois os “fora da lei” gostam de delinquir onde há dinheiro circulando. Urge, portanto, pôr em discussão uma “agenda social” para caminhar paralelamente à agenda econômica, a fim de que uma não se sobreponha à outra.


Crescimento econômico é bom, mas com progresso social. Para que Suape não vire no futuro um pólo cercado por favelas.

FONTE: BLOG DO Inaldo Sampaio |


Nenhum comentário:

Postar um comentário